“Revitalização da Av. Abel Scuissiato trará enorme desenvolvimento à cidade”, diz secretário de Colombo

124 0

Secretário foi entrevistado por Elizangela Jubanski, apresentadora do Jornal Metropolitano (Foto: Banda B)

A revitalização e pavimentação de ruas é um dos grandes desafios para as cidades da região metropolitana de Curitiba. Buscar recursos e escolher os locais certos, para que os investimentos não sejam desperdiçados, é a principal forma de desenvolver o município. Em entrevista ao Jornal Metropolitano, programa semanal da Rádio Banda B, o secretário de Obras de Colombo, Agnaldo Santos, falou sobre isso e ainda anunciou uma importante obra: a revitalização da Avenida Abel Scuissiato, que vai gerar desenvolvimento.

O contrato foi firmado com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), por meio do projeto Avançar Cidades do Governo Federal, e prevê investimentos de R$ 18.092.914,53. Serão realizadas a qualificação viária da Avenida Abel Scuissiato e das ruas do seu entorno como a Jacob Mehl, Ylizério de Lourdes, do Carvalho, Emílio Gleber, Enemésio do Rosário Junior, Travessa Moca e Las Vegas.

“É uma avenida importante que liga duas rodovias e tem áreas comercias. São duas fases, que foram juntadas em uma. Serão 2,6 km após o terminal até a BR-116, onde está sendo feita a nova Trincheira do Atuba. São duas pistas com quatro vias, área de estacionamento, lâmpadas em LED, passagens para ciclovias e semáforos. A segunda parte será do terminal até a Estrada da Ribeira, em uma região mais comercial”, descreveu o secretário.

Segundo Agnaldo Santos, a obra deve durar cerca de um ano e meio. “É uma obra complexa, com desvio de tráfego em alguns pontos, então isso demanda tempo, porque a via não será atacada o tempo todo. Quando terminar, os ganhos à população serão imensos, com oportunidades de se abrirem novos comércios e fomentar a economia”, afirmou.

Demandas

Durante a entrevista, o secretário falou ainda sobre as principais demandas de sua pasta. “São as manutenções das vias urbanas e pavimentação. É um serviço contínuo. A pavimentação é um desafio diário, todo dia está se abrindo licitação e se fiscalizando para que o serviço seja feito da forma correta. 70% da demanda da Secretaria de Obras está voltada para isso”, falou.

Agnaldo Santos destacou também o programa ‘Asfalto Comunitário’, quando o contribuinte procura a Prefeitura de Colombo para a realização de uma obra em seu bairro. “Colombo é a 8° cidade do Paraná, porém ainda com pouca arrecadação. Este programa agiliza o processo. Se você mora em um condomínio e quer melhorar, só com o pagamento de impostos talvez não seja possível, porque há outras prioridades. Então, os moradores se organizam e procuraram a prefeitura, que entra com contrapartidas, não é 100% dos gastos para o morador. É uma dica importante e as pessoas podem buscar a informação, até com quem já participou do programa”, salientou.

Outras obras

Durante bate-papo, o secretário de Obras também deu detalhes sobre outras melhorias previstas para a cidade de Colombo. Uma de fundamental importância será o Binário do Guarani. “São duas ruas, a Pasteur e Kelvin, que ligam o terminal de ônibus, paralelas a Abel. Serão feitos os binários, porque existe uma dificuldade para tráfego na região, que é também uma área com muito comércio. Além disso, há outras nove ruas que ficam perto da Abel e que também serão revitalizadas”, descreveu.

Ele destacou ainda as pavimentações em andamento no município metropolitano. “Temos 17 vias sendo pavimentadas e há um projeto no Monte Castelo, de pavimentação de 6,7 km. O bairro todo deverá ser pavimentado”, ponderou.

Estradas

Sobre as estradas rurais da cidade, Agnaldo Santos apontou que há um projeto de 10 km de pavimentação para a Rua José Strapasson, ligação com a Estrada da Ribeira. “Colombo é uma cidade rural e precisamos trabalhar também nisso. Estamos fazendo essa importante obra e ainda uma rotatória, que deveria ser do Governo Federal, mas ajudaremos neste sentido”, disse.

Parque Linear do Rio Palmital

Outra novidade importante para o município será a construção do Parque Linear do Rio Palmital, no bairro Guaraituba, em um valor de R$ 1,5 milhão, em uma área de 3,5 quilômetros de extensão. “O Parque Linear do Rio Palmital contará com ciclovia, vias de pedestres para caminhada, lagoa, estacionamento, praças com mobiliários urbanos, pista de skate, quadra de vôlei e futebol, playground e passarela de ligação aos pontos do Parque. Está em licitação e poderá começar neste ano. É uma extensão muito grande”, afirmou.

Rodovia da Uva

Por fim, o secretário falou sobre as obras na Rodovia da Uva, que são de responsabilidade do Governo Estadual, mas que tem um acompanhamento direto da prefeitura. “O andamento está muito bom e já tramita o projeto do outro lote, que liga o Contorno até o Santa Cândida. Em nove meses deve sair o projeto. Até o fonal de 2020 acreditamos que esteja tudo pavimentado”, concluiu.

Com a apresentação de Elizangela Jubanski e Luiz Henrique de Oliveira, o Jornal Metropolitano vai ao ar domingo (às 6h) e sábado (às 23h) na AM 550 ou na FM 107.1



Banda B

TV Colombo

TV Colombo

Estamos há 9 anos trazendo muita informação ao povo de Colombo com uma plataforma digital moderna e de qualidade, fique sempre por dentro do que acontece na cidade, participe e faça parte desse time!

Notícias relacionadas

Qual sua reação?

LEGAL
TRISTE
KKK

ODIEI
AMEI

Reaja com um GIF

Deixe uma resposta

Send this to a friend